Quinta-feira, 7 de Abril de 2011

Walkman Vs Ipod

 

 

Antes era o Walkman, mas a palavra que mais se usa na obra de Nöel, talvez seja efetivamente Ipod. Os tempos são outros, as cassetes esse objeto  do passado, a música está condensada no formato mp3, é facilmente transportada e a sua transferência chega a ser absurdamente fácil que nós às vezes, até nos damos ao luxo de complicar. Sim, o Ipod chegou há uns anos para facilitar a simples tarefa de ouvir música. Antes eramos nós que tínhamos de ir atrás da música, hoje é a música que anda atrás de nós. Não é por acaso que tantas vezes, temos de fazer aquele momento de silêncio, desligar tudo o que é aparelho, e sentir o absoluto nada em nosso redor, porque a nossa música é isso mesmo...o vazio, e é tão bom.

 

Mas de uma coisa estou certa, Alyson Nöel, hoje até pode estar rendida às maravilhas do Ipod, quem não está (eu só ainda não comprei porque não me apeteceu abrir os cordões à bolsa) mas quando começou a ouvir as bandas a que refere como Joy Divison ou Cure foi no velhinho Walkman. Minhas crianças imberbes( e não levem a mal) mas como senhora de 34 anos permitam-me esta arrogância de achar que quem não sabe o que é um Walkman é como se não soubesse que afinal a terra não é redonda. Antes de ser um prazer dos diabos ouvir músicas meus caros, fiquem a saber, ouvir música era um verdadeiro inferno! A cassete encravava, a fita ia para o galheiro, saltava, as pilhas gastavam-se num instante, os fios dos headphone (aos quais insistíamos em chamar auscultadores) eram frágeis como uma folha de papel e estavam sempre partidos. Não era divertido, mesmo assim era desafiante, porque não havia outra forma de o fazer. E quando um colega nos passava aquela cassete com as malhas dos Sex Pistols sabiamos que era para estimar, caso contrário a nossa vida social ficava num oito. Não havia Youtube e ninguém iria colocar um vídeo embaraçoso nosso, como aconteceu com a pobre Ever, mas havia a mais antiga e eficaz forma de destruir a reputação de alguém...o passe da palavra. Por isso, experimentar uma relíquia dos Doors num Walkman era o maior erro de todos os tempos, o melhor era escolher uma boa aparelhagem, não fosse o diabo tecê-las.

 

Sobre o Walkman, dados históricos revelam que o Walkman original foi criado em 1979 no Japão e levava o nome de Soundabout, no exterior. Foi criado pelo coordenador do setor de áudio da Sony Nobutoshi Kihara para um dos sócios da empresa, Akio Morita, que queria escutar ópera durante seu trabalho desgastante. Morita teria odiado o nome Walkman e pediu para ser alterado. Mas uma campanha de divulgação com o nome Walkman já tinha sido iniciada e alterá-lo sairia demasiado caro.Quando o primeiro aparelho ficou pronto, em abril de 1979, os vendedores não ficaram muito entusiasmados com a idéia e afirmaram que o Walkman venderia pouco. Akio Morita que acreditava no novo produto, então, propôs um desafio: se o Walkman não vendesse pelo menos 100 mil de unidades em seus dois primeiros anos de mercado, ele renunciaria à presidência da Sony. Akio ganhou a aposta e naquele período cerca de 1,5 milhões de tocadores de áudio Walkman foram vendidos.

 

Eu sou uma saudosista, ainda guardo alguns Walkman, há um ano recebi um Walkman simbólico como prenda de anos (talvez um dos mais belos presentes) mas já não tenho energia para correr atrás da música como antes. Sim, o Ipod tira todo o romantismo ao ato de ouvir música, mas quando procuro alguma dessa intimidade recupero um velho disco de vinil e sonho com o tempo que já não volta.

 

 


publicado por Amantes_Imortais às 14:44
link do post | comentar | favorito
partilhar

Já sabes?

  • Online desde: 22.12.2010

  • Staff: dream, Amantes_Imortais, Daniela, Joana

  • Contactos: osimortaispt@gmail.com


    Já viste?




    Já votaste?
    Neste momento não temos nenhuma votação em aberto.


    Já ouviste?



    Já falaste?



    Já segues?
    A autora
  • Alyson Nöel - Site Oficial
  • Alyson Nöel - Blog
  • Alyson Nöel - Twitter
  • Alyson Nöel - Facebook


  • Redes Sociais do Blog
  • Facebook
  • Twitter


  • Fanfics
  • On-Short Depois da Vida


  • Extras
  • Sugestões Literárias


  • Afiliados
  • The Hunger Games Portugal
  • Os Imortais Brasil
  • Bus Movie Blog
  • Monica Traveling Through The Books
  • Jovens Autores
  • Mariana G.
  • Casa da Noite Portugal
  • O Nosso Mundo Sobrenatural
  • Dark-Hunter Portugal
  • Irmandade da Adaga Negra Portugal


  • Links
  • Guia de Fansites em Portugal
  • Já leste?

    pesquisar

     

    arquivo

    Julho 2013

    Março 2013

    Dezembro 2012

    Novembro 2012

    Outubro 2012

    Setembro 2012

    Agosto 2012

    Julho 2012

    Junho 2012

    Maio 2012

    Abril 2012

    Março 2012

    Fevereiro 2012

    Janeiro 2012

    Dezembro 2011

    Novembro 2011

    Outubro 2011

    Setembro 2011

    Agosto 2011

    Julho 2011

    Junho 2011

    Maio 2011

    Abril 2011

    Março 2011

    Fevereiro 2011

    Janeiro 2011

    Dezembro 2010

    posts recentes

    Capa de Echo o segundo vo...

    Sugestão literária:" Ilu...

    Trailer de "Fated"

    Novidades sobre THE SOUL ...

    Resultado do Passatempo "...

    Passatempo "Infinito"

    Entrevista de Alyson ao C...

    [Fotos] Fotos pessoais de...

    [Fotos] Alyson em Portuga...

    [Fotos] Alyson em Portuga...

    comentários recentes

    Deixei-te um selo: http://anjocaidopt.blogspot.pt/...
    Eu estou lendo os livros da saga pela 2 vez, eles ...
    Olhem, eu nao estou minimamente satisfeita que ten...
    Quando sabemos os vencedores? (:
    Feito :)
    OMG!
    Catarian a sessão privada é ás 18 horas, mas esta ...
    A sessão privada é a que horas, no dia 25?
    Nem acredito que ela vem a portugal *.*
    Bom, quando eu li os livros a stacia me pareceu o ...

    subscrever feeds